phone 11 5585.7756 / 93107.7434   mail contato@votta.com.br

Noticia 99009

 

Qualidade de vida no trabalho é uma preocupação cada vez maior entre as pessoas. Deixar de pensar apenas em salário e levar esse fator em consideração é muito importante se você quer atrair candidatos de ponta para a sua empresa.

A grande pergunta agora é: como oferecer, na prática, condições para uma maior qualidade de vida dos colaboradores?

A resposta está em uma série de medidas adotadas por empresas inovadoras, como maior liberdade de horários, possibilidade de home office, ambiente menos formal, opções de descontração no ambiente de trabalho, happy hour, relações mais próximas entre líderes e equipe, entre outras.

Mas não é preciso oferecer todas essas possibilidades – nem se restringir a elas. O melhor caminho é analisar o perfil dos seus colaboradores, os valores e objetivos de sua empresa e traçar uma linha que atenda às características de todos. Dessa forma, é possível aliar a alta produtividade no trabalho a um clima sem pressões e com tempo de folga e lazer.

Ficou interessado? Também acredita que o equilíbrio entre o pessoal e o profissional é necessário? E que o dinheiro, por si só, já não atrai tanto quanto no passado?

Então siga a leitura e ofereça condições para que seus empregados tenham maior qualidade de vida e que os candidatos queiram trabalhar na sua empresa.

O que é a qualidade de vida no trabalho

A qualidade de vida no trabalho não se restringe à jornada do dia. Ela remete também às condições que a empresa oferece para que o colaborador possa ter um equilíbrio entre sua vida profissional e pessoal.

Não combinam com essa ideia as jornadas excessivas de trabalho, as reuniões no sábado à noite, as ligações telefônicas de madrugada e a falta de flexibilidade no trato com as questões sensíveis ao empregado.

Para a empresa, oferecer maior qualidade de vida significa garantir ao funcionário respeito, ferramentas adequadas para a função, ambiente apropriado, regras claras, plano de progressão, remuneração compatível, benefícios, plano de saúde e uma clara preocupação da companhia com o seu bem-estar.

Mas será que é fácil oferecer um “pacote” com todas essas características? É o que vamos descobrir em seguida.

Maneiras de elevar a qualidade de vida no trabalho

Para elevar a qualidade de vida do empregado, é preciso se colocar no lugar dele. Como os seus colaboradores se sentem na sua empresa? Será que, a partir do termômetro da atmosfera da equipe atual, você terá condições de atrair os grandes talentos do mercado?

Esse é o tipo de pergunta que você precisa fazer. E para respondê-la, vale até começar com uma pesquisa de satisfação anônima com seus colaboradores. Quais são as sugestões e impressões deles sobre as condições que você oferece?

Se você nunca tomou medidas como essa, que fomentam a colaboração e o contato direto com os funcionários, talvez seja difícil dar esse primeiro passo. Mas acredite: ele é necessário para o sucesso no longo prazo.

A partir da avaliação das respostas, você pode começar a delinear algumas medidas, que devem ser adaptadas de acordo com a situação da empresa.

Veja algumas possibilidades:

Jornada de trabalho justa

É claro que a dinâmica de trabalho muda de acordo com a empresa, mas se os empregados estão sobrecarregados, algo precisa mudar, e com urgência. Note que a palavra “sobrecarregado” significa “carregado em excesso”, ou seja, com tarefas ou demandas que extrapolam suas capacidades.

Se você lida com funcionários constantemente sobrecarregados, trabalhando horas extras sem critério, pode ter certeza que não obtém deles os melhores resultados. E que eles não irão indicar a empresa para seus contatos.

Novas contratações ou divisões equilibradas de funções podem resolver esse problema.

Funções claras e definidas

O funcionário precisa ter a noção exata do que precisa entregar e quais são suas responsabilidades dentro da empresa. E pode acreditar: não é o que acontece em muitos lugares.

Se seus colaboradores têm dúvida do que precisam fazer, de quais as delimitações de suas funções, do que é esperado de seu trabalho, há um problema urgente a ser resolvido.

Então, antes de contratar, redesenhe todos os cargos e funções da empresa para que as demandas sejam atendidas de forma organizada e estruturada.

No momento da contratação, é necessário que as obrigações e tarefas sejam colocadas na mesa com transparência, para que todos possam ser cobrados por resultados de maneira justa.

Remuneração compatível com o mercado

O salário não pode ser considerado o único atrativo para uma vaga de trabalho. Mas também não dá para o ignorar nessa equação. Afinal, é o que paga as contas e a contrapartida por todas as horas dedicadas à empresa.

Os grandes profissionais não se sentem atraídos apenas pela remuneração. Por outro lado, são repelidos por salários abaixo da média.

Então, além de uma remuneração adequada para a função e para a vaga, você deve oferecer uma perspectiva de evolução, uma perspectiva clara de crescimento dentro da empresa. Assim, a tendência é que haja maior interesse e também maior dedicação, já que o sucesso do empregado significa uma promoção e uma progressão na carreira.

Liderança positiva

Um bom chefe não é apenas aquele que consegue reunir sua equipe em torno de um objetivo, e sim uma pessoa capaz de transmitir uma liderança que inspire e motive os funcionários.

A relação interpessoal tem um papel crucial nesse sentido, já que o respeito é o pilar para que o ambiente flua com tranquilidade e sem intrigas.

É papel do líder estimular o melhor de sua equipe, sempre respeitando os limites de convivência, sem assédio moral ou cobranças exageradas.

Encorajar, ouvir opiniões, participar e estimular um ambiente agradável estão entre as preocupações que um gestor deve ter. Não se trata só de comandar e delegar.

Benefícios de saúde

Uma maneira de reter funcionários por um longo período é demonstrar preocupação com o seu bem-estar. Nesse sentido, é uma excelente medida oferecer planos de saúde privados.

Existem outras formas de cuidar do seu colaborador. A essencial é oferecer as melhores condições em seu ambiente de trabalho. Nessa composição, entram a ergonomia no ambiente de trabalho, as ferramentas tecnológicas necessárias, a orientação clara e supervisão de suas tarefas, intervalos durante as tarefas, entre outros.

Também vale considerar com atenção a saúde mental. Pressões intensas e cobranças constantes podem ser fatores de desequilíbrio em curto prazo. Para distensionar o ambiente, momentos de lazer e grupos esportivos são alternativas.

Checklist: 10 ações para garantir um bom ambiente de trabalho

Agora você já sabe o que precisa fazer para ter um ambiente de trabalho saudável e que estimula o crescimento de seus profissionais, e o que isso representa no conceito de qualidade de vida no trabalho.

Agora confira este checklist para garantir que sua empresa está estimulando a equipe para o melhor desempenho:

  1. Abra espaço para ouvir as opiniões dos membros da equipe;
  2. Ofereça aos colaboradores condições técnicas para a execução adequada do trabalho;
  3. Disponibilize ferramentas de otimização para acelerar os processos internos;
  4. Estabeleça funções claras para todos os cargos e posições da empresa;
  5. Cobre resultados de maneira justa e ponderada;
  6. Tome medidas para evitar a sobrecarga de trabalho para os colaboradores;
  7. feedback para os funcionários e aceite recebê-lo também;
  8. Remunere de forma compatível com o cargo, a formação e o mercado;
  9. Ofereça plano de saúde privado para os colaboradores;
  10. Crie oportunidades para programas esportivos e culturais na empresa;

Já marcou com um “sim” todos os itens do checklist? Ou ainda falta algum deles?

Preste atenção aos pontos acima e implemente essas medidas para garantir uma boa qualidade de vida no trabalho. E, assim, criar todas as condições para receber e atrair os grandes talentos do mercado.

Nesse momento, é bom lembrar que esses esforços ajudam a melhorar a imagem de sua empresa para o público de fora.

Com todos esses pontos levados em consideração, seus próprios funcionários farão propaganda do bom ambiente de trabalho. Por outro lado você precisa se encarregar de divulgar a qualidade de vida que você oferece aos colaboradores em seus canais de comunicação, como blogs e redes sociais.

Por: Rafa (Revelo)