phone 11 5585.7756 / 93107.7434   mail [email protected]

6f4245d397d92ca753276e1b0e092381

Hoje, a empresa que não tiver sua marca presente nas redes sociais sai perdendo para os concorrentes. Mas antes de se aventurar no Facebook, Instagram, Twitter etc. é necessário fazer um planejamento prévio e encontrar a forma correta de se aproximar dos clientes.

O primeiro passo é definir qual público quer atingir e qual é o objetivo da empresa nas redes sociais: aumentar as vendas, ter mais seguidores, maior interação ou melhorar a divulgação da marca.

Independentemente de qual for o objetivo e de quais canais utilizar, a criação de conteúdos interessantes e que atraiam os usuários é fundamental. Muitas vezes, estes conteúdos são gratuitos, basta usar a criatividade e ter coerência com os valores da empresa. Podemos citar como exemplos que podem dar resultados: vídeos, fotos e até mesmo memes divertidos que passam a mensagem principal da marca.

Ações simples também podem trazer bons resultados, como contar um pouco sobre a história e a origem da empresa, divulgar promoções e não deixar de responder aos clientes.

Alguns cuidados, porém, são importantes: não encha seus seguidores com informação e conteúdo descartáveis. Só mande mensagens de WhatsApp se você tiver realmente algo relevante para transmitir. E atenção para brincadeiras e comparações de mau gosto. Uma imagem negativa representa longo caminho a ser percorrido para reconquistar o público.

Lembre-se sempre: as mídias sociais têm o poder de espalhar rapidamente um conteúdo e propagar uma informação, seja ela positiva ou negativa. Por isso, use-as com inteligência, criatividade e bom senso. O resultado poderá ser muito positivo.

Por: Luiz Otávio Paro – Estadão 08/2017